Redes Sociais

Notícias

Sem engrenar, trio de reforços gringos tem início difícil no Botafogo

Publicado

em

O Botafogo foi ao mercado sul-americano para reforçar a equipe para a temporada 2020, mas três dos gringos contratados não conseguiram se firmar e sofrem para engrenar na equipe de Paulo Autuori.

O peruano Lecaros é quem vem encontrando mais dificuldade neste início. Contratado ao Sporting Cristal (PER), o atacante não foi utilizado uma vez sequer desde que chegou ao Rio de Janeiro.

“Loco” Cortez trocou o Emelec (EQU) pelo Alvinegro e também não conseguiu dar sequência. Foi usado em três jogos, mas ainda não conseguiu deixar uma impressão positiva em boa parte dos torcedores.

O uruguaio Barrandeguy foi mais utilizado, mas viu Fernando passar sua frente na corrida pela lateral direita da equipe titular. Com sete jogos pelo clube, o jogador ainda tem a sombra de Marcinho, que se recupera de lesão no joelho direito.

A paralisação causada pela Covid-19 interrompeu o calendário e adiou o desejo do trio de se firmar no Brasil. Quando a bola voltar a rolar, os três gringos terão de correr para reverter o cenário.

Honda nas graças da torcida

Se Lecaros, Barrandeguy e Cortez enfrentam uma resistência inicial, Keisuke Honda é um caso totalmente à parte no Bota. Maior nome do time em 2020, um dos estrangeiros do elenco caiu nas graças do torcedor antes mesmo de jogar.

Recebido com festa no aeroporto e no Nilton Santos, o meia japonês estreou no empate por 1 a 1 contra o Bangu. Autor do gol de pênalti, o camisa 4 atuou sem presença de público, já que os portões já estavam fechados por conta da pandemia.

Fonte: UOL

Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: