Redes Sociais

Notícias

Sem interessados, Cícero se recusa a sair e trava Botafogo no mercado da bola

Publicado

em

O experiente Cícero virou um problema no Botafogo. Dos atletas remanescentes de 2019 que não estavam nos planos da diretoria, o volante é o único que segue no clube. Com contrato até o fim de 2020 e com salário alto, o jogador não demonstrou interesse em respirar novos ares.

Mesmo assim, o Botafogo tenta sua negociação no mercado da bola. O problema é que não há ninguém disposto a pagar seus vencimentos. Assim, o Alvinegro não conseguiu se livrar do atleta como era seu objetivo desde o fim de 2019.

Assim, além de ter que pagar o alto salário de uma atleta que dificilmente vai ter sequência no time titular, o Botafogo ainda se viu sem condições de reforçar para a posição.

O clube até estava de olho em boas possibilidades de mercado e se interessou em trazer Luiz Antônio, formado pelo Flamengo e atualmente nos Emirados Árabes. O passado rubro-negro, no entanto, não caiu bem na torcida do Botafogo e a negociação foi deixada de lado.

A situação gerou até mesmo alívio na diretoria, que não quer fazer nenhuma contratação até conseguir negociar Cícero. O Botafogo espera que algum clube possa se interessar pelo experiente jogador até o início do Brasileirão. O volante está sem espaço na equipe principal desde o crescimento de Caio Alexandre, que se tornou um dos destaques.

Antes de Cícero, o Botafogo tinha o desejo de negociar Diego Souza, Leo Valência, Joel Carli e Alex Santana. O centroavante chegou a um acordo e fechou com o Grêmio. O zagueiro, por sua vez, foi dispensado. Já o volante acabou vendido ao Ludogorets, da Bulgária. Já o chileno rescindiu para voltar ao Chile, onde defende o Colo-Colo.

Fonte: UOL / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: