Redes Sociais

Colunas

STJD e a mania de querer aparecer

Publicado

em

Fora do jogo contra a Chapecoense na próxima quarta-feira, quando cumprirá suspensão automática pela expulsão diante do Vitória, Valencia corre o risco de desfalcar o Botafogo por mais tempo. O meia chileno foi enquadrado pelo STJD no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que fala em “praticar agressão física durante a partida”.

Na súmula, o árbitro Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO) usou os termos “pontapé” e “uso de força excessiva” por parte do alvinegro. O gringo disputou uma bola na linha de fundo com Ramon, que fez o corte e na queda acertou o meia, que se irritou e revidou.

“Dar ou tentar dar um pontapé (chute) em um adversário com uso de força excessiva fora da disputa da bola – Atingir seu adversário fora da disputa da bola com um chute com força excessiva”, escreveu.

Se condenado, a pena prevista para essa infração vai de quatro a 12 jogos de suspensão. Mas o Botafogo pode tentar desqualificar o artigo em sua defesa para tentar diminuir uma eventual punição. O julgamento será na tarde da próxima terça-feira, na sede do tribunal, no Centro do Rio de Janeiro.

Valencia não poderá comparecer ao julgamento pois ainda estará com a seleção do Chile, que no mesmo dia entrará em campo contra o Brasil na Arena Palmeiras, às 20h30 (de Brasília), pela última rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Fonte: globoesporte.globo.com


3 Comments

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: