Redes Sociais

Notícias

Top 10 mundial em 2011 e envolvido em polêmica na Bolívia: quem é César Farías, alvo do Botafogo

Publicado

em

Tudo indica que mais um técnico estrangeiro está próximo de chegar ao Brasil. O Botafogo encaminhou a contratação do venzuelano César Farías, técnico da Bolívia, que negocia a saída da Federação. Esta é a única barreira que o separa de assinar contrato com o Alvinegro, que trata o acerto com otimismo e já recebeu a resposta positiva para a proposta alvinegra, que é até o fim de 2021.

César Farías é técnico da seleção boliviana desde 2018, quando se destacou no futebol local no comando do The Strongest, onde foi campeão boliviano em 2016 e chegou até as oitavas de final da Copa Libertadores, em 2017. Antes, passou pelo Cerro Porteño, do Paraguai, Tijuana, do México e por clubes venezuelanos.

O seu trabalho de maior feito foi com a seleção da Venezuela, quando alcançou a semifinal da Copa América de 2011. Neste ano, Farías foi eleito o 8º melhor técnico do mundo pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS). Em 2014, ficou em 6º lugar nas Eliminatórias da Copa do Mundo, a melhor campanha da história do país.

César é um profundo admirador do futebol brasileiro e, neste ano, esteve no Maracanã para acompanhar a final da Taça Guanabara entre Flamengo e Boavista. Antes, nos anos de 1990, fez estágio em clubes grandes e pequenos do Rio. No mês passado, na Neo Química Arena, a Bolívia sob seu comando foi goleada pelo Brasil por 5 a 0.

Em 2017, César Farías, ainda técnico do The Strongest, foi suspenso por dois anos por agressão. A decisão tomada pelo Tribunal de Justiça Desportiva da Bolívia aconteceu após um ataque de fúria do treinador a Benjamín Saucedo, dirigente do Oriente Petrolero, em outubro de 2016. Na época, ele teve que pagar uma multa de mil dólares pelo ocorrido.

Outra polêmica envolvendo Fariás aconteceu quando ele dirigia uma equipe e presidia outra. Nesta ocasião, em 2017, quando se tornou presidente do Zulia, da Venezuela, mas treinava o The Strongest, da Bolívia. Quando questionado, o treinador preferiu não falar sobre a situação. Como as equipes não se enfrentaram pela Libertadores, não houve maiores problemas.

Convocações viram problema

A maior polêmica envolvendo Farías foi divulgada pelo “Diário Olé”, da Argentina que revelou que o treinador foi denunciado pela FIFPRO, o sindicato mundial de jogadores, sob acusação de apenas convocar jogadores vinculados a Agencia 360 Invictus.

Ainda de acordo com o Olé, Farías exigiria que os jogadores convocados para a Bolívia se vinculassem legalmente com esta agência de representação de jogadores.

Milton Melgar, ex-atleta da seleção boliviana, confirmou que houve jogadores que foram ameaçados a acertarem com um determinado representante para serem convocados para a seleção.

Fonte: O Globo Online / Foto de Capa: Divulgação – FBF


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: