Redes Sociais

Notícias

Túlio Lustosa recorda saída e vibra com retorno ao Botafogo: “Sabia que iria acontecer”

Publicado

em

Novo gerente do clube comenta identificação com o time e valoriza peso da camisa alvinegra: “É gigantesca”

Foi um longo tempo de espera. Mais precisamente 12 anos, mas após este grande período, Túlio “Guerreiro” Lustosa está de volta ao Botafogo, clube com o qual criou muita identificação na primeira década deste século.

Na primeira entrevista que marca este retorno, divulgada pelo BotafogoTV, o ex-volante não escondeu a emoção por realizar o sonho de defender novamente o time, desta vez fora dos gramados.

– É uma alegria enorme estar de volta ao clube depois de tantos anos. No meu íntimo, eu sabia que isso um dia iria acontecer, mas foi uma surpresa grande ser tão repentinamente assim. A expectativa é enorme, responsabilidade enorme, mas muito maior é a minha vontade de trabalhar muito, de fazer as coisas andarem e de darmos uma resposta para o torcedor, que merece muito.

O ex-jogador e agora dirigente também chegou com discurso motivador. Muito identificado com o Botafogo, Túlio exaltou o peso da camisa alvinegra.

– A base de tudo no futebol é a confiança. É tentar transmitir isso para os atletas, porque camisa nós temos. A força da camisa do Botafogo é gigantesca. Podemos não ter o mesmo dinheiro que outros rivais, mas nós temos muita força de camisa. Essa estrela solitária vai voltar a brilhar.

Túlio também comentou a saída do clube, quando deixou General Severiano por causa do desgaste com os resultados negativos e também pelo não pagamento de salários e recolhimento do fundo de garantia.

– A minha saída daqui não foi tão desejada por mim. Foi mais a situação do momento, que era uma mudança de diretoria e projeto. Eu tinha mais dois anos de contrato e a diretoria que assumiu na época, veio conversar comigo e expôs a situação do clube. Falou que não teria como cumprir aqueles dois anos. Foi uma saída que me marcou muito, porque não era o meu desejo. Meu desejo era permanecer no clube. Enfim, aconteceu. Tive outros clubes na minha carreira, mas nenhum tão marcante quanto o Botafogo e o próprio Goiás, que foi onde eu comecei.

Deixando o passado de lado para viver o presente, para o novo gerente do Botafogo, a equipe precisa agora de alguns acertos para reencontrar o caminho das vitórias.

– Não tenho dúvidas que temos um excelente elenco. Claro que precisamos de alguns ajustes e eles serão feitos, mas temos um elenco de muita qualidade e o próprio torcedor já viu isso em várias partidas. Eu acompanhei, porque acompanho futebol brasileiro, mais especialmente, o Botafogo e vi vários jogos em que o Botafogo poderia ter vencido a partida – declarou.

Neste domingo, o Botafogo recebe o Fluminense às 11h (de Brasília), no Nilton Santos, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Alvinegro está na 19ª colocação, com 11 pontos, a um do primeiro time fora da zona de rebaixamento, que é o Bahia.

Fonte: GE / Foto de Capa: Vitor Silva / Botafogo


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: