Redes Sociais

Notícias

Velocidade do Marcelo ou experiência do Carli?

Publicado

em

As últimas falhas defensivas do Botafogo estão no holofote alvinegro. Nosso treinador já sinalizou que exitem problemas de posicionamento e que precisamos de ajustes no SISTEMA DEFENSIVO. Porém os problemas defensivos trouxeram a pauta, a barração do Xerife Carli.

O Botafogo de Alberto Valentim tem uma base e é pautado pela continuidade, algo que lhe rendeu elogios. Porém a repetição de uma espinha dorsal desde a estreia do treinador, contra o Nova Iguaçu, em 22 de fevereiro, também representa problema para um dos jogadores mais importantes do elenco: Joel Carli.

Sem ter atuado com Valentim, o capitão da equipe na temporada passada não joga desde 6 de fevereiro, quando Felipe Conceição, antecessor do atual treinador, lançou mão de um esquema com três zagueiros contra a Aparecidense e acabou dando vexame, caindo na Copa do Brasil.Velocidade do Marcelo ou experiência do Carli?

Os dois treinadores alvinegros no ano priorizaram a velocidade de Marcelo Benevenuto. Marcelo e Igor Rabello formaram a zaga de Conceição. Carli até foi o titular no primeiro jogo do ano – 2 a 2 com a Portuguesa -, mas um problema na panturrilha direita o tirou de ação das duas partidas seguintes. Em condições de atuar desde a véspera da vitória sobre o Boavista, Carli só foi aproveitado uma vez em nove partidas possíveis.

No ano, a média de gols sofridos pela dupla Marcelo/Rabello é positiva: 0,83 (10 em 12), mas nos clássicos o número é duplicado. São sete gols em quatro jogos (derrotas por 3×1 e 1×0 para o Flamengo, revés de 3×2 para o Vasco e um empate sem gols contra o Flu). Média: 1,75.

Liderança inalterada
Preterido por opção dos treinadores na atual temporada, Carli, de 31 anos, segue com moral junto aos companheiros. É chamado de xerife por vários e exaltado por cobrar que seus colegas de posição não percam divididas. Não aceita ver o time perdendo disputas de bola.

Uma situação que afirma o seu posto de líder no elenco é o fato de ser convidado para participar de reuniões para discutir assuntos do dia a dia com diretores e outros atletas de voz ativa no elenco. Embora seja avesso a entrevistas, a falar publicamente, sempre é consultado internamente.

Convidado do “Bem Amigos” desta segunda-feira, Alberto Valentim foi questionado por um torcedor, via Twitter, a respeito da não utilização de Carli. Valorizou a importância do argentino dentro do elenco, mas não justificou por que ainda não o testou.

– Hoje estou optando por Marcelo e Igor Rabello, mas o Carli é muito importante pra gente, foi capitão no ano passado, é um líder muito positivo. Eu estava conversando agora com o Arnaldo que eu tive uma surpresa muito grande quando cheguei ao Rio, porque lá se pode convocar somente 18 jogadores, então você deixa muitos jogadores de fora. Você tem que fazer uma ginástica pra levar esses 18 – afirmou.

E aí? Marcelo ou Carli?

Fonte:Globo.com

Assista também:


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: