Redes Sociais

Notícias

Vice da Sul-Americana em 2019, técnico argentino Pablo Lavallén é indicado ao Botafogo

Publicado

em

Vice-campeão da Copa Sul-Americana em 2019 à frente do Colón, o argentino Pablo Lavallén é um dos técnicos na mira do Botafogo. O blog apurou que o profissional de 48 anos foi indicado à diretoria alvinegra. Segundo a fonte, o clube de General Severiano gostou da alternativa, considerou a opção interessante e há chance de uma proposta oficial a Lavallén depois da tentativa sem sucesso de contratar Cesar Farias. Plano A do time carioca, o venezuelano comanda a seleção da Bolívia nas Eliminatórias para a Copa-2022. Ele manifestou interesse de mudar para o Rio, mas tem a saída dificultada.

Pablo Lavallén está desempregado. Antes de levar o Colón à final da Sul-Americana do ano passado contra o Independiente del Valle, o treinador passou por San Martín de San Juan, Atlético Tucumán e Belgrano. Ex-zagueiro, foi tricampeão do Apertura com a camisa do River Plate em 1991, 1993 e 1994 e fez parte do elenco campeão da Libertadores em 1996 sob o comando de Ramón Díaz. Era reserva no time que tinha Ortega, Crespo, Francescoli e uma dupla de zaga formada pelo paraguaio Celso Ayala e o argentino Guillermo Rivarola.

O jovem treinador indicado ao Botafogo foi responsável pela eliminação do Atlético-MG nas semifinais da Copa Sul-Americana do ano passado. Venceu por 2 x 1, no Cemitério de Elefantes, em Santa Fe, perdeu por 2 x 1, no Mineirão e avançou nos pênaltis, por 4 x 2.

O Colón perdeu a final em jogo único para o Independiente del Vale, por 3 x 1, no Defensores del Chaco, em Assunção. Pablo Lavallén deixou o cargo em dezembro do ano passado depois de uma derrota para o Aldosivi, por 2 x 0, pelo Campeonato Argentino. Taticamente, gosta de configurar o time no sistema 4-4-2, o predileto na passagem pelo Colón.

O treinador nascido em Buenos Aires também fez boa campanha na fase de grupos da Libertadores de 2017. Comandava o Atlético Tucumán no Grupo 5. Em uma chave difícil contra Palmeiras, Peñarol e Jorge Wilstermann, terminou em terceiro lugar e conseguiu o prêmio de consolação ao levar o time argentino à Copa Sul-Americana. Palmeiras e Jorge Wilstermann avançaram ao mata-mata da Libertadores e o Peñarol terminou em último lugar.

Sob a batuta de Pablo Lavallén, o Atlético Tucumán arrancou empate por 1 x 1 com o então campeão brasileiro Palmeiras. O time paulista era comandado à época por Eduardo Baptista. Também surpreendeu ao derrotar o tradicional Peñarol.

Fonte: Blog Drible de Corpo – Correio Braziliense / Foto de Capa: Reprodução


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: