Redes Sociais

Notícias

Vitórias, gols… Veja como foram as estreias de Honda, do Botafogo, nas equipes que defendeu

Publicado

em

Meia de 33 anos tem passagens por sete times e pela seleção japonesa; ele fará seu primeiro jogo pelo Botafogo neste domingo, contra o Bangu, no Nilton Santos

Trinta e cinco dias depois de ter sido apresentado pelo Botafogo, Keisuke Honda, enfim, fará seu primeiro jogo com a camisa alvinegra contra o Bangu, às 16h deste domingo no Nilton Santos. Será a nona estreia do meia de 33 anos, que tem passagens por sete times e pela seleção japonesa.

As primeiras aparições do japonês até então não foram positivas: venceu em apenas duas, contando a primeira partida pela seleção japonesa e fez dois gols. Além disso, soma três empates e três derrotas. Teve estreias em campeonatos nacionais, Liga dos Campeões e Eliminatórias da Copa.

Primeiros jogos de Honda:

  • 24/07/2004*: Júbilo Iwata 1 x 1 Nagoya Grampus, pela Copa da Liga Japonesa – entrou aos 32 do 2º tempo – não tomou cartão, não fez gol e não deu assistência;
  • 20/01/2008: VVV-Venlo 1 x 1 PSV, pelo Campeonato Holandês – jogou o 2º tempo todo – não tomou cartão, não fez gol e não deu assistência;
  • 22/06/2008: Seleção do Japão 1 x 0 Bahrein, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo na Ásia – foi substituído aos 35 do 2º tempo – tomou cartão amarelo aos 19 do 1º tempo, não fez gol e não deu assistência;
  • 24/02/2010: CSKA Moscou 1 x 1 Sevilha, pelo jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões – foi substituído aos 38 do 2º tempo – tomou cartão amarelo aos 37 do 2º tempo, não fez gol e não deu assistência;
  • 12/01/2014: Sassuolo 4 x 3 Milan, pelo Campeonato Italiano – entrou aos 12 do 2º tempo – não tomou cartão, não fez gol e não deu assistência;
  • 23/08/2017: Pachuca 4 x 1 Tiburones Rojos de Veracruz, pela Liga Mexicana – entrou aos 13 do 2º tempo – não tomou cartão e não deu assistência – fez um dos gols;
  • 20/10/2018: Melbourne Victory 1 x 2 Melbourne City, pela Liga Australiana – jogou os 90 minutos – não tomou cartão e não deu assistência – fez o gol;
  • 24/11/2019: Sparta Rotterdam 2 x 0 Vitesse, pelo Campeonato Holandês – foi substituído aos 36 do 2º tempo – não tomou cartão, não fez gol e não deu assistência.

*O primeiro jogo como profissional foi apenas um teste. Honda foi integrado de vez ao time principal do Nagoya Grampus em 2005. Em 2006, assumiu a titularidade.

A festa para a estreia de Honda foi preparada, mas não será da forma que o Botafogo esperava, já que os portões serão fechados devido à pandemia de coronavírus. Mais de 10 mil ingressos foram vendidos e o clube já iniciou a devolução do dinheiro para quem realizou a compra.

Fonte: Globoesporte.com


Clique para Comentar

Copyright © 2019 Rádio Botafogo. Todos os Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: